Banner-Café-com-Europa_15.05.22.png
13_Programação_Café_vfinal.png
11_Botão_Ingresso_a.png

Palestrantes

Café_Mathilde.png

Mathilde Everaere (França)

Mathilde é francesa e mestra em Relações Internacionais (Estratégia, inteligência econômica e gestão de riscos) pela Sciences Po Lille. Entre 2013 e 2018, gerenciou projetos de cooperação intercultural entre a Europa e países da América Latina e da África do Oeste. Desde que conheceu os povos originários da Amazônia em 2015, começou a se manifestar de maneira autônoma entre o Brasil e a Europa, tendo como foco e objetivo a valorização e união dos conhecimentos interculturais dos 5 continentes. 

 

Junto com Guilherme Meneghelli, fundou a Floresta TV: iniciativa inteiramente transparente e colaborativa, que partiu do próprio pedido de vários povos originários da Amazônia em ter um espaço de representatividade, de reflexão e de partilha audiovisual das culturas originárias para o mundo digital. 

Café_Guilherme.png

Guilherme Meneghelli (Brasil)

Guilherme trabalha como diretor de filmes nas áreas de publicidade, cinema, arte e música. Nascido em 1984, soma mais de 20 anos de experiência desde suas primeiras fotos em movimentos sociais e mais de 1000 filmes publicados em diversas redes que deram origem à estética que nomeou Cinema da Vida Real, um cinema sem expectativa e voltado ao resultado para artistas, comunidades e projetos, destaque para o canal que fundou em 2013, REC'n'Play. Também é cofundador da FlorestaTV.
 
Imagem e movimento é o que move o trabalho de pesquisa de Guilherme Meneghelli, entre filmes e fotografias seu foco está na transformação a partir da experiência transmitida pelas imagens, como dezenas de projetos que colaborou com suas imagens e que se tornaram reais. Outro viés de seu trabalho é o desenvolvimento da FlorestaTV como plataforma de registro da tradição oral pela tradição digital.

Café_Alice.png

Alice Lanari (Brasil)

Diretora audiovisual, roteirista e produtora. Seu primeiro longa-metragem, “América Armada”, foi selecionado pelo Festival de Havana e premiado no DocsMX. Seu segundo documentário, “Nunca mais serei a mesma”, filmado em Honduras, Brasil, México e Argentina tem estreia prevista para junho deste ano. É produtora associada de “Democracia em Vertigem”, dirigido por Petra Costa. Foi assistente de direção em dezenas de longas, dentre eles o documentário “Juízo”, de Maria Augusta Ramos.

 

Já viveu na Argentina, México e Equador, e em Brasília fundou a produtora Tantas, especializada em conteúdo audiovisual com foco em narrativas femininas. Para o Café com Europa 2022, Lanari contará um pouco da sua experiência como realizadora de conteúdos audiovisuais de impacto e os caminhos possíveis para quem deseja integrar à produção documental elementos que buscam a transformação social.

Café_Renato.png

Renato Barbieri (Brasil)

É cineasta e diretor de criação da GAYA Filmes, sediada em Brasília. Como diretor, produtor e roteirista, realiza filmes de longa-metragem e séries para TV nos formatos ficção, documentário e animação, sempre tendo como foco principal produtos audiovisuais de relevância social e ambiental. Buscando histórias inspiradoras e abordando temas sensíveis e necessários, cria filmes e séries com olhar afiado para o nosso tempo, acessando tanto o público leigo como os maiores experts nos assuntos em foco.

 

Nessa linha, trabalha dentro do gênero “entretenimento educacional” (edutainment), mesclando o histórico com o contemporâneo de uma forma que, na mesma medida, instiga os sentidos, amplia a consciência, transborde os sentimentos e entretenha.

 

Suas obras audiovisuais desempenham um papel social relevante, com engajamento e parceria com segmentos da sociedade, de modo a pautar temáticas, ampliar discussões, questionar paradigmas, acessar a ancestralidade e se posicionar de uma maneira corajosa e assertiva.

Café_Ligoki.png

Marcus Ligocki Jr. (Brasil)

Marcus Ligocki Jr. é diretor, produtor e roteirista, tendo produzido sete longas metragens, premiados nacional e internacionalmente. São eles: “As Vidas de Maria” (2005) de Renato Barbieri, “Félix Varela” (2007) de Renato Barbieri, “Rock Brasília – Era de Ouro” (2011) de Vladimir Carvalho, “O Último Cine Drive-In” (2015) de Iberê Carvalho, “Candango – Memórias do Festival” (2021) de Lino Meireles, “Uma Loucura de Mulher”( 2016) dirigido pelo próprio Ligocki e “Pureza” (2022) de Renato Barbieri.

 

É formado em Comunicação Social pela Universidade de Brasília, com especialização em Film & Television Business pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro e possui forte atuação no desenvolvimento do setor audiovisual brasileiro.

Solenidade de Abertura

Café_Ignacio.png

Ignácio Ibañez

Embaixador da União Europeia no Brasil.

Café_Alexandra2.png

Alexandra Pinho

Vice Presidente EUNIC Brasília e Diretora do Instituto Camões.

Café_Vanessa.png

Vanessa Medrado

Coordenadora da EUNIC Brasília.

Semana_da_Europa_Régua_de_Logos_1.png